PORQUE ESCOLHER UMA IMOBILIÁRIA

Somente uma empresa especializada tem capacidade para apontar as melhores opções e experiência em, compra e venda de imóveis. Ou seja, traz mais segurança e tranquilidade para a transação. Quer saber mais sobre as vantagens de contar com uma imobiliária? Acompanhe o artigo!

1. Conhecimento de mercado

Os profissionais de uma imobiliária têm conhecimento e experiência de mercado. Assim, conseguem analisar todas as características do imóvel, permitindo determinar de maneira isenta o valor real da propriedade, seja para venda, seja para compra ou locação.

Quando um proprietário resolve colocar seu bem à venda ou para locação, ele quer ter o máximo de lucro. No entanto, se ele estipular um valor acima do mercado, dificilmente a venda se concretizará. Nesse mesmo sentido, uma pessoa que procura um imóvel para comprar, ou alugar, deseja não ser enganada com preços abusivos.

Além disso, outra vantagem é que o corretor está atualizado sobre as regras de financiamento imobiliário, que facilita e agiliza a negociação tanto do vendedor quanto do comprador. Um último ponto que vale ser ressaltado é que uma imobiliária é obrigada por lei a fornecer todas as informações solicitadas por seu cliente. Isso garante a segurança e total transparência do negócio.

2. Elaboração de contrato válido

O mercado imobiliário tem legislação bastante específica e que tende a ser bem complexa para quem não está familiarizado com o tema. Por esse motivo, uma compra pode ser cancelada devido a erros no contrato, o que resulta em prejuízo financeiro. Ainda, há a possibilidade de diversos problemas para locador e locatário no processo de venda caso o contrato não seja elaborado de forma correta.

Para evitar que isso aconteça, as melhores imobiliárias contam com um setor jurídico responsável por elaborar e analisar todas as condições do contrato. Isso é feito para ter certeza de que o documento é válido perante a lei e que atende perfeitamente aos direitos e deveres de ambas as partes.

O contrato é o documento mais importante em uma negociação imobiliária, afinal, o objeto é um bem com valor elevado. Por isso é imprescindível que seja redigido por alguém com conhecimento para identificar eventuais falhas ou para incluir determinadas cláusulas que devem constar na documentação.

Isso garante a preservação do que foi acordado entre as partes dentro dos termos legais. Assegura, também, que haja ao que recorrer em casos de quebra de contrato.

3. Respaldo jurídico

Em casos de venda ou, a imobiliária é responsável pela elaboração de um documento denominado “Instrumento Particular de Venda e Compra”, no qual constam de forma detalhada os valores da transação e todas as formas e condições de pagamento combinadas entre as partes.

O documento ainda menciona todas as cláusulas legais para mantê-lo juridicamente válido e, desse modo, permitir as garantias para ambas as partes. Ou seja, ele tem cunho jurídico e serve como garantia da compra da propriedade, gerando maior segurança para o fechamento do negócio.

4. Consultoria personalizada

Encontrar um novo imóvel para morar não é uma tarefa fácil. Afinal, surgem inúmeras dúvidas durante o processo. Além disso, ele precisa atender às suas necessidades e desejos. Os corretores imobiliários conseguem analisar e entender as preferências de seus clientes.

Outra vantagem desse serviço é a economia de tempo. Atualmente, é muito difícil que uma pessoa tenha bastante tempo disponível para fazer inúmeras visitações a apartamentos e casas. Quando o corretor conhece as exigências e possibilidades de seu cliente, tem condições de fazer uma triagem do que há disponível no mercado.

Assim, somente as unidades que interessam ao comprador ou locatário são selecionadas para visitação, economizando bastante tempo e otimizando a procura e decisão.

Dessa forma, ele consegue encontrar um imóvel que atenda — ou até supere — suas expectativas. Contudo, a consultoria vai além da busca por um imóvel. A imobiliária presta o serviço do começo ao fim, isto é, desde a procura por um lugar ideal para morar até o pós-venda ou a saída do locatário, conforme o caso.

5. Economia

Há pessoas que pensam que economizarão ao fechar um negócio imobiliário, visto que não há o pagamento de comissão. No entanto, os valores gastos no processo sem ajuda profissional podem ultrapassar o valor das taxas cobradas por uma imobiliária. No caso de imóvel, se houver expiração do prazo de apresentação de determinados documentos, pode ocorrer a perda da concessão do crédito.

Há outras questões envolvidas, como registro do imóvel no nome do novo proprietário, redação do contrato, como já mencionado, e outros pontos que, se apresentarem problemas, geram despesas que certamente são evitadas com a contratação de uma imobiliária de confiança.

Em casos de locação, a imobiliária garante a conservação do imóvel e, caso haja danos, tem meios jurídicos de fazer o inquilino devolver o local no mesmo estado em que o recebeu. Também assegura que o locador receberá o aluguel, evitando golpes e danos financeiros.

Do mesmo modo, o locador pagará um valor justo pelo local escolhido e não terá surpresas negativas com a infraestrutura do imóvel. Isso porque a imobiliária realiza vistorias para se certificar sobre o estado em que o apartamento ou casa está sendo entregue, evitando que o novo morador tenha despesas imprevistas com consertos ou reformas.

6. Maior segurança na negociação

Em decorrência dos pontos já apresentados, pode-se afirmar que contratar uma imobiliária traz maior segurança em toda a transação para ambas as partes. O corretor faz com que o imóvel ou aluguel seja negociado a um preço justo. O contrato redigido pela imobiliária faz com que todos os direitos e garantias sejam preservados.

Ademais, seus profissionais têm experiência e conhecimento para realizar todo o processo burocrático de forma correta e confiável, sem perder prazos, evitando despesas desnecessárias e providenciando toda a documentação necessária para a efetivação do negócio.